Seu blog de saúde, beleza e longevidade saudável

Hipotireoidismo: Causas, Sintomas e Tratamento

O hipotireoidismo é uma das doenças endócrinas mais comuns. Aprenda agora sobre este importante tema.

O hipotireoidismo é uma disfunção na tireóide, uma glândula situada na região do pescoço, e se caracteriza pela queda na produção de hormônios T3 (triiodotironina) e T4 (tiroxina).

Mais comum entre as mulheres, o hipotireoidismo está associado a um número muito grande de sintomas. Veja aqui alguns deles:

  • Depressão;
  • Constipação intestinal;
  • Cansaço;
  • Retenção de líquidos;
  • Alterações menstruais;
  • Queda capilar;
  • Unhas fracas;
  • Madarose;
  • Sintomas de frio;
  • Memória deficiente;
  • Ganho de peso inexplicável.

 

Atenção: recém-nascidos também podem ter o hipotireoidismo congênito. Ele é detectado pelo teste do pezinho.


O que causa o hipotireoidismo?

A deficiência de iodo no organismo leva ao hipotireoidismo. Apesar de estar presente no sal de cozinha, o iodo é extremamente volátil e pode diminuir sua concentração ao longo do tempo.

O flúor presente nos cremes dentais pode influenciar negativamente no caso do iodo, além do cloro presente nas águas para matar microorganismos.

Por que as mulheres são mais acometidas pelo hipotireoidismo?

As mulheres necessitam de mais iodo do que os homens porque as mamas e os ovários precisam deste mineral.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito a partir da análise dos sintomas clínicos mencionados acima, além de exames laboratoriais.

Uma forma simples e “caseira” que pode ajudar você a detectar esta disfunção é medir sua temperatura logo ao acordar.

Quando você ainda estiver na cama, coloque o termômetro na axila e meça sua temperatura. Ela deve estar acima de 36,5 graus Celsius. Para assegurar o resultado, repita esta ação por 5 dias da mesma maneira. Ao final, pegue o resultado total e divida por 5, encontrando a média.

hipotireoidismo

O resultado deve ser igual ou superior a 36,5 graus. Se for abaixo disso, consulte seu médico de confiança. Você pode buscar por um clínico, nutrólogo ou endocrinologista para tirar suas dúvidas e, se necessário, iniciar o tratamento adequado.

O tratamento geralmente é feito através do uso diário de levotiroxina.

Recomenda-se que o comprimido não seja manipulado e seja ingerido 30 minutos antes da primeira refeição, para que sua absorção seja completa.

 

Leia mais posts sobre saúde em:

Você conhece os problemas da síndrome fúngica 

Queda de cabelo? Pode ser culpa da Alopecia

*Para usar esse artigo, use o link: http://bit.ly/2DdjwT3

Deixe uma resposta

Dra. Consolação Oliveira

Médica CRM 51132

Minha missão é ajudar as pessoas, com meus conhecimentos e experiência sobre medicina, saúde e longevidade.

Contatos

  • Ed.Av. Tower Center
    Av. Pref. Telésforo Cândido de Rezende, nº 142 - sl 1.201 - Centro, Conselheiro Lafaiete - MG, 36400-000
Fechar Menu